18 de junho de 2010

TOQUE



Um gesto de mão
Um toque bem leve

Nosso nome, a rima
Dura história de vida

Não consigo imaginar
Nada depois de você

Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POEMA DO RAIO DE LUZ

Um poema Feito de feixes De raio de luz No vidro encantado Única Maneira de ver A paixão silenciosa Atrás do segredo dela Pele Pe...