4 de abril de 2010

SE TE SIGO

Se te sigo
(Isso eu faço
Há muito tempo)
É a mim que dispo
E defronto

Se te aguardo
É a mim
Que sigo
Enquanto sonho
Te despir

Sou quem anseia
Assim eu te vi
Perto de mim
Quando de longe
Te seguia

Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

UM POEMA DE AMOR

São bocas e olhos e auras e gotas E pernas entrelaçadas Fluente transbordante Minha alma brilha Nesta nova cor que vem da tua ...