17 de julho de 2011

SONHO


Surreal, subtraída
A mente
Erra

Matéria flébil
Volúpia 
Alada

O sonho conduz
Teu ser na
Brisa

Ao porto além
Do corpo que
Vaga 

Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMOR, TUA VOZ CARREGA O SOM DA ETERNIDADE

No mais belo dos dias Amor, sei que virás Estrela branca e tátil Viajante revelada No rumo do infinito Opala que se mov...