25 de fevereiro de 2011

IMITAÇÃO DE KLIMT




Nenhum poema imita o beijo dos apaixonados
No quadro de Klimt
Nenhuma foto de álbum antigo
No sorrow
No lyrics
Nada

O caso aconteceu comigo:
A luz dourada jorrava sobre nós
E o nosso amor...

Meu rosto em frente ao seu

- Você era uma imensa
lagarta falante colada em
mim num casulo dourado -

O abraço quente 
A perna enlaçada
E bocas querendo mais

No alto um espelho: encaixe simétrico
De sua pele mais clara do que a minha

Um ser andrógino
Coberto pelo lençol

Estávamos os dois ali
Mas era num outro tempo

Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

UM POEMA DE AMOR

São bocas e olhos e auras e gotas E pernas entrelaçadas Fluente transbordante Minha alma brilha Nesta nova cor que vem da tua ...