31 de maio de 2010

POEMA VERDE






VERDE:

VERDE POR COMPLETO


NA COR DE

VEGETAL E QUARTZO


VERDE: A ESMERALDA

PRENHE DE LUZ

BRILHA NO DESERTO


REFÉM DO ESPAÇO

E TEMPO, SEU ENCANTO

É PARA SEMPRE VERDE



Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POEMA DO RAIO DE LUZ

Um poema Feito de feixes De raio de luz No vidro encantado Única Maneira de ver A paixão silenciosa Atrás do segredo dela Pele Pe...