9 de março de 2010

MUSA

Estás em mim
como cristal na rocha
Como a eternidade num único dia

Eu te chamei
de musa
tua boca se entreabre
bela
sonho
com o toque
Do teu beijo


Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

UM POEMA DE AMOR

São bocas e olhos e auras e gotas E pernas entrelaçadas Fluente transbordante Minha alma brilha Nesta nova cor que vem da tua ...