9 de março de 2010

MUSA

Estás em mim
como cristal na rocha
Como a eternidade num único dia

Eu te chamei
de musa
tua boca se entreabre
bela
sonho
com o toque
Do teu beijo


Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POEMA DO RAIO DE LUZ

Um poema Feito de feixes De raio de luz No vidro encantado Única Maneira de ver A paixão silenciosa Atrás do segredo dela Pele Pe...