13 de outubro de 2012

NEM TUDO


Nem tudo é aparente
Mas o que amo em ti
É justamente esta ferida viva
Teu silencioso apego
A alma que não foi
Apaziguada

Manoel Olavo

Um comentário:

AMOR, TUA VOZ CARREGA O SOM DA ETERNIDADE

No mais belo dos dias Amor, sei que virás Estrela branca e tátil Viajante revelada No rumo do infinito Opala que se mov...