1 de janeiro de 2014

FOTO SÉPIA

 
       I

Bom dia
Ele disse
À gente
Morta
Na foto
Sépia

      II

Era a
Foto do
Tempo
Em que
Não se
Escolhia

     III

Tempo
Em que
Ele ria
Numa
Foto
Sépia

    IV

Bom dia
Ele disse
À vida
Esvaída
Na foto
Sépia

     V

Vida
Que de
Vez em
Quando
Ainda
Doía


Manoel Olavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMOR, TUA VOZ CARREGA O SOM DA ETERNIDADE

No mais belo dos dias Amor, sei que virás Estrela branca e tátil Viajante revelada No rumo do infinito Opala que se mov...