20 de agosto de 2011

VIGÍLIA


Ele caminhava pela estrada

A duras penas.

Bem além, o ponto de chegada,

A cada passo dado,

Mais longe ficava.

(A proximidade afasta

A hora prometida).

A um possível encontro seu,

Entretanto,

Uma íntima esperança florescia.


Manoel Olavo

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

UM POEMA DE AMOR

São bocas e olhos e auras e gotas E pernas entrelaçadas Fluente transbordante Minha alma brilha Nesta nova cor que vem da tua ...